quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Casa de Paletes - 60m²



Os paletes, são plataformas consistentes de placas de madeira amplamente utilizadas na indústria de transporte como suporte para vários tipos de mercadorias e podem ter mil aplicações. Normalmente, após o uso, eles são queimados, pois devolvê-los para o proprietário poderia custar mais do que para adquirir novos. Então se torna um grande desperdício o seu descarte.
Tomando isso como base, os designers da I-Beam Design criaram esse projeto desta casa de paletes e também porque eles foram inspirados por um fato simples, mas incrível: 84% dos desabrigados do mundo poderiam ser acomodados com um fornecimento anual de paletes reciclados do mercado americano. Com a produção de um ano e meio de paletes dos EUA, 33 milhões de desabrigados poderiam viver neste tipo de habitação.
Seria uma enorme quantidade de alojamento para uma enorme quantidade de pessoas que precisam. O que faz a sua concepção engenhosa é que, em teoria, qualquer um poderia construir um, com economia e em menos de um dia. Mas os usos podem ser múltiplos!
Os designers decidiram desenvolver uma solução de habitação mais permanente, o que serviria não só para os desabrigados de áreas afetadas por desastres naturais ou guerras, mas também como uma casa modular, pré-fabricada, para habitação a preços acessíveis, disponíveis em todo o mundo.
Os paletes de fato oferecem uma grande flexibilidade em termos de configuração, permitindo que cada família construa sua casa de acordo com suas necessidades e tamanho.
São baratos (27 reais para um palete limpo e tratado) e seus tamanhos e formas são os mesmos em todo o mundo! Para uma casa em paletes de 60 metros quadrados, nos servem 800 paletes. Fizemos um cálculo rápido: 800 paletes x 27 reais / paletes = 21.600 reais para o “esqueleto” de uma casa de 60 metros quadrados. Não é ruim, certo?
Estes são os números que chegaram dos dois arquitetos austríacos, Gregor Pils e Andreas Claus Schnetzer, que também tinha escolhido como base de seu projeto o palete. Agora surge a pergunta: mas depois de colocar as paletes uns sobre os outros, a partir de onde passarão as instalações? E o isolamento térmico, como será?

Os paletes são naturalmente equipados com um alojamento para a instalação: os buracos onde as máquinas de elevação entram com suas lâminas, atuarão como buracos para a passagem da fiação.
Para o isolamento, o interessante é sua facilidade de adaptação ao clima e ao local onde a casa foi construída. Em um projeto para a reabilitação de favelas do Cairo, por exemplo, Pils e Schnetzer usaram areia. Em casas para o fim de semana na Áustria, em vez de celulose têm se usado fibra de vidro ou lã de ovelha, escolha. E o consumo?
Graças ao isolamento térmico e sistema de ventilação natural, os dois jovens arquitetos vienenses calcularam que o consumo de energia da casa é de cerca de 24 kWh / m² por ano!

A água da chuva proveniente do telhado é recolhida num tanque e depois usada para os sanitários. O custo total (material e mão de obra) para uma casa de 60 metros quadrados, com 25 metros quadrados de varanda, na versão mais luxuosa, é de cerca de 270.000 reais. Em Johanesburgo, África do Sul, utilizando a palha como o isolamento, o custo (materiais e mão de obra) de um edifício de 80 metros quadrados de construção (com 25 metros quadrados de varanda) foi de apenas 33.800 reais.
Para a construção de uma casa de palete, em média, requer o trabalho de duas pessoas durante cerca de dois meses no canteiro de obras e durante dez dias no local de montagem. Em 4-5 dias, a construção pode então ser desmontada e pronta para ser transportada para outro destino. A estrutura modular da casa também permite uma extrema flexibilidade de transporte para escolha do local de instalação final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário